happines is found inside your heart.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

7

Ontem eu mandei uma música e desde então, fui ignorada. Engraçado que essa música foi enviada pra mim quando nos conhecemos. 
Poucas palavras, nada demais, sem perguntas, apenas respostas do que eu perguntava.
Hoje eu mandei uma foto de um poema, foda-se que eu mandei qualquer coisa que seja, você não tem a obrigação a falar comigo, mas por que as coisas tem que ser dessa forma?


"É só me dizer o que devo fazer pra curar essa dor, deixo tudo pra trás. Se você me chamar sabe que vou estar perto de você. Longe nunca mais."
(Porque é assim, é exatamente assim, eu sou assim quando o assunto é você!)

Entendo que as coisas podem estar corridas, fuso horário, distrações, sono, estudos... Eu realmente nem sei o que dizer, passei o dia com um qualquer coisa no peito, não quero chamar de aperto, angústia, nada! Só não entendo os motivos, não entendo porque isso, parecia estar tudo bem, tanto do lado de cá, quanto do seu lado.
Eu tenho fumado demais, o cigarro tem sido meu companheiro de todos minutos, agora mesmo eu parei de escrever pra fumar um cigarro, quero chorar, mas não posso, não devo e ao mesmo tempo eu não quero isso.
Mas porque me ignorar? Eu sei que não posso te ter aqui, e o aqui, não é aqui onde estou é aqui dentro de mim.
Acho que a brincadeira é outra.

11/12/2015

Nenhum comentário: