happines is found inside your heart.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Será que eles (as) falam?

Há alguns dias atrás, ao conversar com uma amiga e contarmos sobre os nossos casos (passados) amorosos, me fiz uma pergunta: Será que as pessoas com quem nos relacionamos falam de nós como nós falamos delas, ou será que existe algum comentário: Na época em que eu estava com a Josefina, fazíamos isso, isso e aquilo... 
Entrei nessa questão e pensei em cada um deles para imaginar o que poderiam falar, acredito que tenha um que fala mal de mim, outro que lembra com carinho (esse eu também lembro com muito carinho), uma que deve falar e dar risada, outra que acho que não fala, que nem lembra e um que eu nem lembro, nem sei mais quem é. Fora aqueles casinhos que não deram certo e você pensa: Uma pena não ter dado certo; ou: Ainda bem que não deu certo.
Isso tudo chega a ser um pouco engraçado porque, a partir do momento que "entramos" - de alguma forma - na vida de alguém, por mais que não dure mais que uma noite, uma tarde, uma manhã, já existe a possibilidade de lembrar, bem ou mal, com mágoa ou não.
Algumas pessoas simplesmente esquecem, mas acho que todo mundo, uma única vez que seja, comenta sobre alguém que tenha feito parte da vida desse outro ser. Claro que algumas pessoas, poderíamos simplesmente passar uma borracha e apagar da mente e isso por vários motivos que não convém falar agora.

Nenhum comentário: