happines is found inside your heart.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Crise dos 25

Acabei de ler um texto que fala sobre Crise dos vinte e poucos anos. Me identifique um tanto porque vou fazer vinte-e-cinco esse ano e isso me fez lembrar de um texto que escrevi nesse blog mesmo da crise que eu tive quando ia completar 20, o meu medo de sair do teen, o fato de pensar que agora eu seria realmente adulta. Ou seja, depois de cinco anos, parece que entrei em uma nova crise e me faço todas as perguntas que eu tenho a resposta, mas não entendo bem essa questão do tempo que voa, as vezes:

* Cheguei no 1/4 de vida;
* Eu já cheguei aos vinte-e-cinco anos;
* Faz 10 anos que eu fiz quinze anos!!! (fazdezanosqueeutranso :O);
* Meu primo mais novo já tem dezoito anos e o meu primo mais velho, trinta-e-cinco (se eu estiver certa nas contas);
* Tenho tias que já são avós e uma das minhas avós já é bisavó há um bom tempo.

Se eu não estou errada, dos meus vinte aos vinte-e-cinco, eu quis casar com três pessoas diferentes, dos vinte aos vinte-e-cinco anos, eu entrei em duas faculdades completamente opostas e não conclui nenhuma, dos vinte aos vinte-e-cinco anos eu trabalhei em quatro empresas diferentes e fiquei desempregada poucos meses, mas não vou me lembrar quais e quando, mas foram experiências que me mostraram o que eu queria realmente para o meu futuro.

Dos vinte aos vinte-e-cinco anos eu tive muitas decepções, eu chorei litros e litros, eu sorri muito, eu fui feliz, eu amei, conheci pessoas maravilhosas e depois de um tempo eu descobri que não eram tão maravilhosas. Acredito que eu tenha decepcionado algumas pessoas, e também não fui uma pessoa tão maravilhosa para algumas pessoas. Conheci pessoas que eu não queria ter me distanciado, mas nos distanciamos e não sabemos os motivos. Fiz amizade na balada, no ponto de ônibus, no mercado, na fila do pão, mas nenhuma dessas amizades existe mais.

Nos meus vinte-e-quatro anos, eu consegui muitas coisas, hoje sou mais independente, tenho minha casa, minhas responsabilidades, minha vida e só minha. Claro que alguns planos ainda não se realizaram e algumas outras coisas não mudaram tanto...

Não sei ao certo porque expor minha "crise dos 25", talvez porque ainda não fiz vinte-e-cinco anos, falta um pouco mais de dois meses, será que o meu inferno astral chegou mais cedo?

Nenhum comentário: