happines is found inside your heart.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

sobre qualquer coisa

Nunca me acostumei com a solidão, com o silêncio, com a falta de cheiros, com a falta de risadas e carinho. Nunca me acostumei a ser um ser humano sem emoções, sentimentos e intensidade, não me acostumo com a falta de companhia, preciso de pessoas por perto, por mais que algumas pessoas não me interessem tanto, mas preciso dos meus amigos, das pessoas que escolhi ter perto de mim. Preciso ouvir coisas bonitas, preciso ouvir os dias, as noites, preciso de histórias, preciso chorar, preciso sentir meu coração, preciso ouvir pulsações, sinto necessidades simples e vagas. Eu sou tudo isso e não me acostumo com muita coisa.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

N

"Que coisas são essas que me dizes sem dizer, escondidas atrás do que realmente quer dizer? Tenho me confundido na tentativa de te decifrar, todos os dias. Mas confuso, perdido, sozinho, minha única certeza é que cada vez aumenta ainda mais minha necessidade de ti. Torna-se desesperada, urgente. Eu já não sei o que faço. Não sinto nenhuma outra alegria além de ti. Como pude cair assim nesse fundo poço? Quando foi que me desequilibrei? Não quero me afogar: quero beber tua água. Não te negues, minha sede é clara."

Com toda essa intensidade, eu me decifro, e nos decifro, sei tudo o que quer dizer o tudo o que já dissemos um ao outro, sei tudo o que quer dizer quando nos olhamos da forma mais bonita e doce e que seja, que continue doce, assim como nós... N.