happines is found inside your heart.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

para não doer

Sabe o que me dói mais?
Não dói as coisas que você fez, dói isso tudo que você faz hoje. O passado eu já disse que estou disposta a esquecer. Mas hoje, você não sabe o que quer, você tem medo de mim, é como a música da Calcanhotto: você tem medo do amor que você guarda para mim.
Eu não estava liberta de você, mas eu estava consciente de que você não viria mais, de que o que passou, tinha realmente passado de vez. Só que você me aparece, me diz milhões de coisas bonitas, coisas doces, tudo o que eu queria ouvir, depois some de novo. Depois me mostra o que você sempre foi, mais uma vez. E eu, mais uma vez, acho que você pode mudar, que eu posso ter você comigo, que você é a pessoa que eu procuro, a pessoa que eu espero...
Sabe outra coisa que me dói? Me dói te ver passar por mim como se você não tivesse dito nada. Me dói você falar que precisa pensar.
Eu já não te procurava mais, você veio atrás de mim, você me procurou pra falar tudo o que você disse. Eu, como todo o amor que ainda tenho guardado, falei tudo o que eu não deveria e tudo o que você queria escutar.
Sabe, R. eu vou ficar aqui, mas não vou ficar a te esperar. Você sabe como me achar, sabe como fazer pra ter-me em teus braços de novo, infelizmente, você sabe. Só que a minha vida não vai mais parar por sua causa. Se você vier, eu estarei aqui, se não vier... Eu estarei voando, como eu sempre fiz.
E, por favor, não me machuca de novo.

Um comentário:

Nega Lilu disse...

Ah... o amor. Reconheço.
; )