happines is found inside your heart.

domingo, 25 de dezembro de 2011

4ª música - a que eu sei a letra

4 - Uma música que você saiba a letra toda.

Salão de Beleza - Zeca Baleiro

Eu sei a letra completa e ainda canto com o mesmo sotaque que o Zeca (risos), faço as firulas que ele faz e é uma música que eu adoro! E qual música do Zeca que eu não gosto? Deve ter pelo menos uma, mas eu não lembro agora (risos). Eu já postei essa música aqui, mas eu não lembro quando e to com a maior preguiça de procurar o post, lembro-me que publiquei a letra e não o vídeo.

Tá aí :)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

3ª música - a que me faz dançar

3 - Uma música que te faça dançar

KC & The Sunshine Band - Give up

Eu, simplesmente, adooooro KC & The Sunshine Band. Acho o máximo e Give Up é a minha favorita, onde eu estiver eu danço, nem que seja só o balançar dos ombros rs.


Sem reclamações

Eu não vou reclamar do natal como faço todos os anos. Isso não quer dizer que eu passei a gostar da data. Para mim, ela continua chata e falsa como todos os anos, mas não vamos tocar nesse assunto.
E esse ano que passou? O que eu aprendi?
Esse ano eu amei, eu chorei, eu odiei, eu sofri, eu esperei por pessoas que não mereceram, eu deixei algumas pessoas esperando por mim, eu sorri, eu gargalhei, eu conheci pessoas espetaculares que quero levar até o fim da vida, conheci outras que poderia não ter conhecido, me apaixonei, senti borboletas no estômago, me arrependi, me orgulhei de mim mesma, fui reconhecida, perdi uma pessoa que eu amo demais e que achei que não fosse mais viver sem ela (Vó, te amo eternamente), aprendi que ainda consigo acreditar nas pessoas, descobri que o amo ainda existe (por pior que seja ter que lidar com ele), briguei, falei o que não deveria, escondi o que não podia, perdoei, esqueci, guardei!
Esse ano aconteceu muita coisa boa, muita coisa ruim, muita coisa. Esse ano aconteceu. Não foi o melhor ano da minha vida, não está na lista dos melhores, mas eu tive que passar por ele, me orgulho agora de poder escrever que, finalmente, ele está se acabando e um novo ciclo começará. Esse ano de 2012 promete. Espero que seja muito melhor.
Para vocês que tem a paciência de ainda aparecer por aqui, desejo, assim como para mim, um ótimo ano para vocês. Obrigada por todos os comentários, todas as críticas, tudo. E que tudo continue assim e/ou melhore.
Um beijo a todos (as).

Flor

domingo, 18 de dezembro de 2011

2ª música - a engraçada

2 - Uma música que você ache engraçada.

Latino - Amante Profissional

Eu ouvi essa música com Latino a primeira vez, uma outra vez, ouvindo Dibob, vi que eles cantam também, mas nada mais engraçado do que o Latino (risos).
Sim, eu dou risada com essa letra.
Eu não quero um moreno, alto, bonito e sensual que eu tenha que pagar HAHAHAHA.



terça-feira, 13 de dezembro de 2011

1ª música - a da infância

O Desafio musical de 250 dias começou em minha vida. Eu ia fazer isso só no face, mas vou tentar manter aqui no blog também, ainda mais que eu ando meio desinteressante e quase não atualizo mais isso.
Isso tudo porque eu sou movida a música. Por que não brincar? (risos). Aqui, pode ser que eu alongue o assunto.

1 - Uma música que lembre da sua infância

Debora Blando - Unicamente

Antes de tudo, tenho que confessar que desde de pequena eu sou noveleira, não assisto todas as novelas que passam, nem tenho tempo e muito menos saco pra isso, mas sempre que eu começava/começo a assistir uma novela eu gosto de acompanhar, se ela é interessante, é claro. Lembro que quando passava A Indomada, eu tinha de sete para oito anos e ficava com medo do Cadeirudo, mesmo achando engraçado, eu jurava que existia um no meu bairro. Bom, essa música ficava na minha cabeça e não tem como ouvir e não lembrar dessa época.


domingo, 11 de dezembro de 2011

Tanto


Eu precisei tanto de você, eu quis tanto ter você por perto. Desejei tanto a sua presença quando eu me sentia triste. Precisei tanto de você pra enxugar as minhas lágrimas, precisei de você para curar as minhas dores. Precisei de você quando eu estava machucada, quando você disse que não me queria mais, eu precisava de você. Lembrei de você diversas noites, quis todo o seu aconchego, toda a ternura... Eu precisei de você. Eu quis você. Eu nunca tive você.