happines is found inside your heart.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

conversas de ônibus ouvindo Zeca

Ah como eu não aguento assuntos dentro ônibus. Como diz minha prima, assuntos de ônibus não podem ser discutidos em ônibus porque você pode apanhar e é a pura verdade, mas falar da vida sexual num ônibus lotado às 20:00 não é algo agradável para quem está ouvindo ao redor, pelo menos para mim não é rs. "Ah a minha primeira vez foi quando eu tinha dezesseis anos, foi com um amigo da escola, e foi ruim, doeu tanto que eu...", não lembro mais o que ela falou, nessa hora fechei o livro e coloquei meu fone de ouvido e fui o resto do caminho ouvindo Zeca Bala.

Agora falando de Zeca (já que toquei no assunto), há tempos eu queria escrever algo há mais sobre ele. O que eu acho, o que eu sinto o que ele representa pra mim.
Enfim, ele é um cara espetacular, com um talento que é só dele e um ser que me fascina, me deixa leve, dono de uma voz que não se encontra em qualquer lugar. Se não fosse o Zeca, hoje eu não seria a Flor de Azeviche he. Quando eu ouço Zeca parece que o mundo inteiro parou, é tão bom, não sei o que acontece exatamente, não sei descrever essa sensação boa que eu sinto. Coisa estranha, mas é uma leveza sem tamanho.
Sabe aquela coisa de ficar tempos sem ouvir aí quando ouve em qualquer lugar bate uma saudade e é como nunca tivesse escutado, muitas vezes eu senti isso ouvindo Zeca Bala.

Nenhum comentário: