happines is found inside your heart.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

E tudo começou com...

Flor diz: E quem é normal nesse mundo?

Le diz: "Não existe gente 'normal' dentro do que as pessoas caracterizam dentro de um padrão normal. Todo muno é muy louco, a diferença é que alguns liberam este ser, e outros não."

Flor diz: certíssima!

(conversa com a amiga filósofa Le =D)

E quem tá librerando aí?

___________________________________________________

Como fazer um post sem falar da minha nêga? Mas é, minha nêga quem está dodói dessa vez, peninha porque eu não posso ir lá cuidar dela, dar colo e fazer o que for preciso, mas estou aqui com o pensamento só nela (bee, te amo!).

___________________________________________________

Agora eu tenho mais dois novos vícios, Wilson Simoninha e Max de Castro. Domingo foi show em homenagem ao papis e nós estávamos lá e adoramos ^^ eu mais ainda, como sempre a MAIS exagerada nas coisas.

___________________________________________________

Ah parei.

Beijoos

domingo, 11 de outubro de 2009

Domigo a tarde, sem nada para fazer, o tédio fervendo desde cedo e o pior, estou aqui morrendo de saudade da nêga e ela não tá comigo =( isso é muito ruim e essa vida é muito injusta. Procuro jogos no PC e nada, o The Sims (0 que me salvava desses dias) eu não tenho mais (pode deixar be, vou comprar o 3 "pá nóis"), aí vou procurar jogos na net, nada de bom ¬¬ ou nada que eu queira jogar (será porque já joguei todos possíveis? rsrs), enfim, me resta escrever e, claro, escrever para ela s2.

"Nada de novo amor, só quero dizer que eu te amo muito e quero para sempre te fazer a mulher mais feliz desse mundo, porque sem você a vida não tem sentido algum."

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O pranto porque

Um texto da minha amiga Joy (meu amendoim). Porque se não fossem esses pequenos textos...


Choro porque é preciso chorar.

Choro porque estou triste.

Choro porque tenho medo de sentir isso a vida toda

Choro porque quero apenas viver

Me fazem chorar, fizeram, são por mim amados,

e me amam eu sei.

Somos difíceis, somos estranhos nas normalidades desta sociedade.

Somos normais e a sociedade é louca.

Somos nós.

Somos quem devemos ser.

Nós, eu tu ele.

Amigos de algo indizível,

não posso me ver sem...

e as vezes não posso me ver.


quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Adote!

PROGRAMA “ADOTAR É TUDO DE BOM” DA PEDIGREE



Olá pessoas, hoje eu quero só pedir para assistirem um vídeo.


A Pedigree está com um programa para ajudar os peludinhos ^^ e a cada visualização do vídeo é um prato de ração para cães abandonados. Vamos ajudar, não custa nada, só são dois minutinhos e alguns segundos.


Eu não estou ganhando nada com isso, mas como tudo o que é relacionado a animais (qualquer que seja) me comove, ainda mais os que estão precisando de um lar, só por isso estou fazendo esse post e divulgando o programa. Por isso, adote e não compre.


Quem quiser ver o vídeo, está AQUI Ó.


Para ver o site é só vir AQUI Ó.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Um tapa e um beijo?

Eu preciso de sair daqui. Sair pela porta da frente para que todos me vejam, sair e ser mais que vista. Sair de cabeça erguida e sem vergonha do que é bonito, porque, pelo o que sei, amar não é bonito, todos aqui amam, ou não amam?

Eu não quero saber o que vocês vão pensar, eu só quero seguir a minha vida ao lado dela e, porque é ela que eu quero que esteja ao meu lado, é ela que sempre está, não é assim que as coisas aqui funcionam? Quando eu mais precisei, ou mesmo quando eu preciso, quem esteve ali para me dar a mão? Não foi nenhum de vocês, isso eu tenho certeza. E quem foi? Foi ela e eu sei que ela sempre estará ali para me acalmar e para me tirar dessa tempetade que invade a minha cabeça. Quando acontece qualquer coisa que seja, boa ou ruim, não interessa, quem é a primeira pessoa que eu quero falar? Não é com vocês, é com ela!

Isso pode ser só a raiva que eu to sentindo agora, mas as coisas são assim, vocês sabem, e eu não quero mais mentir para mim.

Tudo o que faço hoje é pra ela e com ela. Tudo o que quero é voltado a ela.

Mas, eu os amo. Amo mesmo.

(é como dar o tapa e depois passar a mão.)

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Sabe o que é?

Eu te amo muito e mesmo que você brigue comigo eu vou estar com você, independente do que aconteça. Qualquer coisa mesmo!
Sabe quando a vida não faz mais sentido? Então, é a minha sem você!
Olha só, vou explicar:

Vida da Flor com a Ca = mais que feliz, mais que amada, mais que desejada, mais que tudo de bom...
Vida da Flor sem a Ca = triste, muito choro, muito ruim, muito tudo de ruim =(

Te amo, minha pequenaaaa

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Enfim...

Pois é, eu voltei...

Andei meio irritada com diversas coisas e acabou sobrando para o pobre blog (rs). Agora estou mais calma e resolvi voltar.

Tá, também porque (infelizmente) não consigo ficar longe daqui por muito tempo, assumo. Era como se eu estivesse me testando, enfim, ele me ganhou.

Mas foi bom ficar longe por esse pequeno tempo, andei escrevendo umas coisas como antes, não que eu esteja culpando o blog por eu não escrever como eu escrevia, mas que eu acho melhor antes do que agora...

Eu ando estranha, fico observando as pessoas ao meu redor e ficando com uma raiva das coisas que elas fazem, das coisas que falam, me da vontade de chegar aqui e colocar o nome e falar tudo o que eu acho e queria falar, mas eu ainda estou em sã consciência, não vou fazer isso, mas quem me conhece e sabe das coisas que aconteceram esses dias vão entender o que quero dizer, ando meio confusa, sabe?!

Pelo o que dá pra perceber, voltei de cara nova (grande coisa, sempre to mudando o lay rs).

Beijoos