happines is found inside your heart.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Diálogo - I

"Ah mais isso deve ser muito difícil de fazer. Você tem certeza que eu consigo?"

"Claro que consegue, você só tem que prestar a atenção em como eu faço para poder fazer igual a mim e ficar bom"

"Ué, me explica direito então. Toda vez que começo você fala que não é assim e não me deixa fazer. Assim não aprendo mesmo."

"Tá bom, então, presta a atenção aqui. Você pega desse jeito e passa por aqui, entendeu?"

"Tá. Deixa eu tentar fazer."

"Ah conseguiu, tá vendo? É só uma questão de con-cen-tra-ção. Agora, me empresta um segundinho, faz esse ponto aqui, presta a atenção, entendeu como é?"

"Assim?"

"Não. Você tem que dar a volta. Faz de novo."

"E agora?"

"Isso, muto bem. Até que você aprendeu muito bem."

"Nossa, crochê é uma terapia, vó."


Flôr de Azeviche

6 comentários:

as namoradas disse...

menina,não é que é mesmo. eu faço crochê, bordo, mas tricô sei lá, a última manta que fiz pra namorada ficou parecida com aquelas cobra-peso-de-porta sabe? um horror!
rsrs, mas eu me esforço, sou prendadinha, como nos tempos da minha avó rsrs
bjks da Rainbow

As Lucky Girl disse...

heheheh adorei

Marcia Paula disse...

kkkk...dar a volta é que tava difícil de entender.Oh!Por que a gente só pensa naquilo?Beijos,querida.

Flor de Azeviche disse...

Hahahah, ai meninas, eu sei fazer crochê (to até devendo um cacheco para a pequena)e acho que é mesmo uma terapia, agora, tricô não é comigo, já tentei fazer mas é difícil para mim rs.
Ee Marcia, só pensa besteira kkkkk...

Beijos meninas e voltem sempre!

Drih disse...

Esse diálogo me lembrou a minha infância... minha vó cortou um dobrado pra me ensinar crochê...

Saudades da minha vozinha....

Bjs e obrigada pela visitinha la no blog.

Flor de Azeviche disse...

Eu naõ lembro se demorei muito a aprender, acho que não... rs

Obriagda pela vista!

Beijos da Flôr