happines is found inside your heart.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

E do meio do mundo prostituto só amores guardei ao meu charuto - Rubem Fonseca

Acabo de ler um livro ótimo, “E no meio do mundo prostituto só amores guardei ao meu charuto” do Rubem Fonseca, é um romance muito interessante, um suspense, mas não aqueles que você fica bravo porque nada é desvendado, mas, claro, só se descobre o as coisas no final rs.
Bom não irei contar mais nada, pois se alguém quiser ler, vale a pena. Muito bom, uma linguagem rápida e direta.


E do meio do mundo prostituto
Só amores guardei ao meu charuto!
E que viva o fumar que preludia
As visões da cabeça perfumada!
E que viva o charuto regalia!
Viva a trêmula nuvem azulada,
Onde s’embala a virgem vaporosa!
Viva a fumaça lânguida e cheirosa!
Cante o bardo febril e macilento
Hinos de sangue ao proviléu corrupto,
Embriague-se na dor do pensamento,
Cubra a fonte do pó e traje de luto:
Que eu minha harpa votei ao esquecimento
Só peço inspirações ao meu charuto!

Poema de Álvares de Azevedo, pronunciado no livro.

2 comentários:

*** Cris *** disse...

Creio que seja boa essa dica.
Bom fim de semana!

Quase Trinta disse...

Não conhecia esse livro, assim q der vou ler...

ótimo final de semana